Higiene pessoal de quem precisa de assistência

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Um bom cuidado de higiene pessoal é essencial para prevenir mais problemas de saúde. Promover a higiene adequada traz conforto, previne o odor corporal e respiratório e auxilia na maior resistência da pele. Se você não tem muita certeza sobre como cuidar adequadamente da higiene de seu ente querido, especialmente quando ele ou ela tem mobilidade limitada, aqui estão os principais pontos que você precisa ter em mente sobre os diferentes aspectos da higiene pessoal.

1. Banho no leito

Para pessoas acamadas, que têm dificuldades de movimento, o banho no leito ajuda a melhorar a circulação sanguínea e permite a remoção de pele morta, suor, excesso de óleos. Durante os horários de banho, observe o corpo da pessoa assistida, para condições incomuns. Por exemplo, os idosos tendem a ter pele seca e frágil. Por isso, é importante enxaguar com delicadeza extra, pois o sabão tende a ressecar a pele. Você também pode usar hidratantes e óleos para ajudar a manter a pele hidratada. 

Siga os passos a seguir, para melhores cuidados de higiene pessoal de seus entes queridos.

Limpando os olhos:

  • Coloque uma toalha de banho debaixo da cabeça e no peito para controlar os respingos.
  • Use um cotonete úmido ou uma toalha úmida de tecido suave, para limpar delicadamente os olhos, no sentido de dentro (próximo ao nariz) para fora.
  • Não use sabão, pois pode ser irritante aos olhos. Prefira água filtrada ou soro.
  • Umedeça bastante todas as crostas nas pálpebras e cílios por 2-3 minutos, antes de tentar suavemente a remoção.
  • Seque os olhos com cuidado.

Limpando a parte superior do corpo:

  • Certifique-se de que a temperatura da água está morna
  • Lave, enxague e dê leves toques na testa, bochechas, nariz, pescoço e orelha, para a secagem, não esfregue a pele.
  • Limpe as entranhas da orelha e do nariz mais detalhadamente com cotonetes.
  • Limpe cuidadosamente as dobras da pele do pescoço, pois ela é mais suscetível à coleta de sujeira.
  • Coloque uma toalha debaixo do braço do seu ente querido para evitar molhar a cama.
  • Apoie o braço da pessoa assistida nos seu, segurando o cotovelo do paciente com a palma da sua mão.
  • Limpe os braços do ombro até o cotovelo com toques firmes e longos.
  • Mergulhe as mãos do paciente em uma bacia com água.
  • Limpe sob as unhas com uma haste de algodão.
  • Para limpar a área do peito, abra a veste ou remova o cobertor cuidadosamente, sem expor o corpo do paciente e limpe o peito.
  • Seque com uma toalha de banho limpa, tocando a área desejada. Não esfregue a pele.

Limpando a parte inferior do corpo:

  • Faça a mesma coisa que fez com a área do peito, no abdômen e limpe o umbigo com um pouco de loção aplicada em um cotonete.
  • Para limpar as pernas, dobre delicadamente o joelho e apoie a perna com a mão.
  • Mergulhe os pés em uma bacia de água para lavá-los, tomando nota para lavar bem entre os dedos dos pés.
  • Use uma haste de algodão para limpar sob as unhas dos dedos do pé.
  • Aplique loção nos pés se estiverem secos, mas mantenha secas as áreas entre os dedos, para evitar infecção fúngica.
  • Para limpar as áreas genitais masculinas não circuncidadas, recue o prepúcio, enxágue e seque com delicadeza. Para as partes femininas, espalhe suas dobras externas e lave bem.
  • Seque a pele tocando a toalha na pele molhada, NÃO ESFREGUE.

Para completar:

  • Aplique loção hidratante (consulte um dermatologista) na pele para melhorar a circulação sanguínea
  • Antes do banho, separe roupas limpas para trocar pelas que estavam em uso. 
  • Aplique talco, se necessário, para tirar a umidade da pele. 

Dica: Shampoo na cama

Lavar o cabelo pode melhorar a circulação sanguínea no couro cabeludo e ser um momento prazeroso. Para pessoas assistidas acamadas, o shampoo pode levar ao excesso de espuma, mas você pode conseguir um bom resultado seguindo os passos abaixo:

  • Posicione a cabeça e os ombros na borda superior da cama.
  • Coloque uma toalha sobre os ombros do paciente, proteja suas orelhas com algodão e cubra seus olhos com uma toalha de banho.
  • Escove e penteie o cabelo do paciente com delicadeza, se precisar desembaraçá-lo.
  • Coloque um pano de tecido impermeável sob a cabeça da pessoa assistida, para que a água da lavagem escorra até uma bacia ou um balde no chão, abaixo da cabeça.
  • Despeje lentamente água morna sobre o cabelo até molhar.
  • Aplique xampu.
  • Comece pela linha do cabelo e trabalhe na parte de trás do pescoço. Levante a cabeça ligeiramente com uma mão, para lavar a parte de trás da cabeça.
  • Massageie a cabeça com as pontas dos dedos e não com unhas.
  • Enxágue o cabelo completamente, com água limpa e morna.
  • Enrole a cabeça em uma toalha de banho seca e certifique-se de secar o pescoço, rosto e ombros do paciente.
  • Seque o cabelo com uma toalha ou um secador de cabelo, mas tome cuidado para não queimar o couro cabeludo.

2. Higiene Pessoal Bucal

A higiene bucal é uma parte importante da higiene pessoal. Algumas medicamentos tomados oralmente podem causar um mau gosto na boca, ou formar um revestimento ao redor da língua. Uma boca seca também pode ser comum para pessoas assistidas que têm dificuldade para respirar pelo nariz. Tratamento de oxigênio, diminuição da ingestão de líquidos e alguns medicamentos também podem causar boca seca. Cuidados adequados com a boca são necessários para prevenir mau hálito e infecções, reduzindo o risco de cárie dentária e doença da gengiva.

Siga os passos a seguir, para melhores cuidados de higiene oral de seus entes queridos

Escovando os dentes em uma posição vertical

  • Sente o paciente em uma posição vertical
  • Coloque uma toalha sobre o peito do paciente para controlar os respingos.
  • Aplique pasta de dente e água em uma escova de dentes com cerdas macias
  • Escove as superfícies externas dos dentes superiores e inferiores com movimentos curtos da gengiva até a coroa de cada dente.
  • Escove bem o interior dos dentes também.
  • Tome nota para não aplicar demasiada força na escovação, pois as gengivas costumam estar sensíveis e podem sangrar.
  • Enxágue a boca com água e seque-a delicadamente dando leves batidas. 

3. Cuidados com unhas

  • Coloque os dedos da pessoa assistida em uma bacia ou água morna por cerca de 15 minutos.
  • Usando uma haste fina, limpe a parte inferior das unhas suavemente.
  • Seque os dedos completamente
  • Corte as unhas uniformemente com um cortador de unhas.
  • Certifique-se de que as unhas sejam mantidas curtas e arredondadas com bordas ásperas suavizadas. Unhas longas ou curtas causarão ferimentos.
  • Faça o mesmo com as unhas dos pés.

Existem muitos profissionais de cuidados domiciliares que podem fornecer a ajuda ou treinamento do cuidador que você precisa, seja em higiene pessoal ou cuidados que requerem outras habilidades técnicas, como cuidados com cateter urinário ou cuidados com NGT. 

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja mais artigos

Dicas de Saúde

Diversões que auxiliam a lidar com demência

É importante que os pacientes, acometidos com demência, mantenham uma mente ativa e continuem a ter uma sensação de diversão. Manter a pessoa idosa focada

Dicas de Saúde

Cuidados com as escaras

Embora seja fácil pensar em escaras (feridas causadas pela extrema permanência na cama) como um mero incômodo quando você está cuidando de idosos, esta dolorosa

Fale conosco!

Tire todas as suas dúvidas com a nossa equipe

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on skype